Cenas lamentáveis… Atacantes ingleses sofrem ataques racistas após final da Euro. Leia!

O atacante Marcus Rashford, que já recebeu uma medalha da Ordem do Império Britânico por seus trabalhos contra a pobreza e a fome de crianças vulneráveis, foi um dos jogadores da Inglaterra à receber ataques racistas em suas redes sociais por ter perdido um dos pênaltis que levaram a Itália ao título (1×1/5×3) da Euro 2021.

Além de Rashford, Bukayo Saka, que jamais havia cobrado um pênalti em sua carreira profissional e Jadon Sancho, que entrou em campo nos acréscimos da prorrogação apenas para ter a condição de batedor, também falharam suas cobranças e tiveram seus perfis ‘invadidos’ por mensagens de cunho racista, que felizmente foram respondidas por outros milhares de torcedores com comentários de apoio e incentivo como: ‘Mantenha a cabeça erguida!’ e ‘Ainda te amamos!’

Inclusive um mural que estampa uma foto de Rashford em Manchester, que é mais uma das homenagens feitas ao jogador por suas ações sociais, foi vandalizado na manhã desta segunda feira. Logo após, novos apoiadores foram até o local e cobriram pichações e marcas com flores e mensagens de carinho direcionadas ao inglês.

Rashford foi condecorado pelo Império Britânico em outubro de 2020, e à época, o jogador do Manchester United demonstrou o quão sentiu-se honrado:

‘Como um jovem negro de Wythensh (arredores de Manchester), nunca esperei me tornar um membro da Ordem do Império Britânico (MBE), especialmente aos 22 anos.

Este é um momento especial para mim e minha família, especialmente minha mãe. A luta para proteger nossas crianças vulneráveis está longe de acabar.’ Revelou.

Sobre Luccas Almeida 322 Artigos
19 anos, Jornalista e Web Designer amador, criador de conteúdo digital e CEO do perfil 'Jornalismo Moralizador', ativo no Instagram.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*