História milionária! Entenda o motivo da saída de Fábio do Cruzeiro.



A conturbada saída de Fábio do Cruzeiro, que gerou atrito entre torcida e diretoria em início de gestão, ainda é uma incógnita com relação aos motivos que levaram à decisão final, já que Ronaldo, ou mesmo qualquer dirigente, não veio à público prestar esclarecimentos.

Porém, segundo à rede ‘Goal’, o imbróglio está centralizado em uma dívida milionária do clube com o jogador, que teria feito a nova gestão ‘bater o martelo’ com relação ao futuro do goleiro.

A dívida em questão foi iniciada em 2019 (ano do rebaixamento), e vem em crescimento com o passar das temporadas devido à falta de pagamentos de fundo de garantia (FGTS), salários mensais e direitos de imagem, totalizando algo em torno de 12 milhões de reais.

Além das questões no ajuste do contrato, que apesar de Fábio se dizer solícito a baixar seus vencimentos de 350mil mensais, não foi aceito pela nova gestão do Cruzeiro, comenta-se nos bastidores que uma forma de pagamento à dívida gerada, que seria de interesse das partes, sequer foi apresentada nas discussões, o que tornou inviável uma continuidade em acordo.

Chegando à equipe celeste em 2000, mas passando à receber oportunidades apenas em 2005, após uma passagem pelo Vasco, Fábio deixa o Cruzeiro com 976 partidas disputadas, além dos títulos (principais) de Brasileirão (2013 e 2014) e Copa do Brasil (2017 e 2018).

Sobre Luccas Almeida 220 Artigos
19 anos, Jornalista e Web Designer amador, criador de conteúdo digital e CEO do perfil 'Jornalismo Moralizador', ativo no Instagram.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*