Médico ligado á Federação Italiana de Futebol informa a situação de Eriksen como profissional no país! Leia!

Segundo o médico Francesco Branconaro, membro do comitê técnico-científico da Federação Italiana de Futebol (FIGC), o meia Eriksen não poderá atuar pela Inter, ou qualquer outro clube italiano, enquanto possuir um desfibrilador em seu coração.

‘Christian Eriksen não terá permissão para jogar na Itália. Se o jogador tiver o desfibrilador removido, e se houver confirmação que sua patologia possa ser resolvida, ele pode voltar a jogar pela Inter.’ – Afirmou.

Eriksen passou a fazer uso de um desfibrilador após sofrer uma parada cardíaca à serviço da Seleção Dinamarquesa, na estréia da última Eurocopa, quando inclusive precisou passar por uma manobra de ‘ressuscitação’.

O desfibrilador utilizado pelo jogador serve para identificar arritmias nos batimentos cardíacos, e assim poder antever uma possível parada cardiorrespiratória.

Aos 29 anos, Eriksen tem vínculo com a Inter até junho de 2024. E, apesar da determinação italiana, o dinamarquês terá a possiblidade de se transferir para outras ligas e jogar com o aparelho instalado em seu corpo, como é o caso do lateral holandês Daley Blind (Ajax).

Desde o acidente sofrido no último mês, o jogador ainda não afirmou se retornará aos gramados, ou se encerrará sua carreira.

Sobre Luccas Almeida 252 Artigos
19 anos, Jornalista e Web Designer amador, criador de conteúdo digital e CEO do perfil 'Jornalismo Moralizador', ativo no Instagram.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*