O Técnico do Irã o português Carlos Queiroz abandonou coletiva ao ser questionado sobre o direitos das mulheres no país

A entrevista coletiva do técnico português Carlos Queiroz, que comanda a seleção do Irã, terminou em clima pouco amistoso. No fim da conversa com os jornalistas, prevista para durar 15 minutos antes de um treino da equipe, Queiroz deixou a mesa ao ser questionado sobre representar o Irã diante das alegações de violações aos direitos das mulheres no país. Indagou quanto receberia para responder à pergunta.

– Para qual canal você trabalha? Quanto vai me pagar para responder a essa pergunta? Vocês são uma empresa privada, quanto vão me pagar? Fale com o seu chefe e no final da Copa posso te dar uma resposta se me fizer uma boa oferta. Para responder a essa pergunta, não coloque palavras que eu não disse na minha boca, eu estou perguntando à sua companhia quanto vão me pagar para responder – disse Queiroz antes de se levantar.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*