Possível rival do Palmeiras no Mundial anuncia mais dois reforços

Foto: Divulgação / Monterrey FC

O Monterrey volta ao Mundial de Clubes após vencer a Champions da Concacaf na última temporada. O clube mexicano pertence à FEMSA, maior empresa mexicana de bebidas. Ela é a maior engarrafadora de Coca-Cola do mundo e a segunda maior acionista da Heineken, marca de cerveja da Holanda. Seu elenco é um dos mais caros da América, avaliado em cerca de 86 milhões de euros.

Em busca de reforços para competição da FIFA, os listrados anunciaram dois meio-campistas mexicanos. O primeiro anunciado foi Rodolfo Pizarro, o camisa 10 chega por empréstimo do Inter Miami, da MLS. O jogador de agora 27 anos deixou o próprio Monterrey, em fevereiro de 2020, para jogar no time do Beckham nos Estados Unidos pela quantia de aproximadamente 11 milhões de euros. Por lá, não fez valer o investimento, em 47 jogos, marcou 7 gols e deu 9 assistências.

O segundo foi Luís Romo, jogador da Seleção Mexicana, que deixou o Cruz Azul. Ele também pode atuar como zagueiro e volante. Ambos chegam para agregar ao elenco que enfrentará o Al-Ahly, do Egito, no Mundial de Clubes, e se vencer, encara o Palmeiras, campeão da Libertadores, na semifinal.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*